RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 1597 registros para a palavra: bolsonaro

'Finalmente esse defunto foi enterrado', diz ministro Barroso sobre voto impresso

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou nesta segunda-feira (4) que a discussão sobre o voto impresso está encerrada.

Nos últimos meses, o presidente Jair Bolsonaro fez ameaças ao processo eleitoral do ano que vem, atacando o sistema de urnas eletrônicas e defendendo a volta da impressão do voto, considerada um retrocesso pela Justiça Eleitoral. Em agosto, a Câmara rejeitou e arquivou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que propunha o voto impresso em eleições, plebiscitos e referendos...

ACM Neto descarta apoio a Bolsonaro em 2022, não descarta Ciro, mas aposta em candidatura própria do União Brasil

O presidente do DEM e candidato ao governo da Bahia, ACM Neto, revelou hoje em entrevista ao UOL, que o novo partido que será criado pela fusão do Democrata com o PSL será independente e descartou possibilidade de apoio ao presidente Jair Bolsonaro em 2022.

De acordo com ACM Neto a fusão dará uma musculatura grande ao novo partido, que passa a se chamar União Brasil e nasce com mais de 80 deputados federais, com força suficiente para ter candidatura própria a presidente da república...

Movimentos Sociais e partidos fazem protestos contra o governo Bolsonaro em Juazeiro e Petrolina. Trânsito na ponte Presidente Dutra está lento

Em Juazeiro e Petrolina, dezenas de manifestantes se concetram neste momento em diversos pontos das cidades. O trânsito na ponte Presidente Dutra está muito lento devido uma das manifestações. A reportagem da REDEGN obteve a confirmação que o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra MST participa de um protesto na Ponte Presidente Dutra.

A oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou às ruas neste sábado (2). Os protestos estão sendo realizados em conjunto pela campanha Fora Bolsonaro (que promoveu os atos anteriores e reúne centrais sindicais, movimentos populares e partidos de esquerda), pela entidade civil Fórum pela Democracia Direitos Já! e por lideranças dos nove partidos que assinaram pedidos de impeachment do presidente (PSOL, PCdoB, PT, PDT, PSD, Rede, PV, Cidadania e Solidariedade)...

Petrolina terá novo ato contra o Governo Bolsonaro neste sábado (2)

Movimentos sociais, partidos de oposição, sindicatos, entidades estudantis, coletivos e Ongs de Petrolina-PE se preparam para mais um ato por "Fora Bolsonaro", mais empregos, vacina e auxílio emergencial. Marcada para o próximo sábado, dia 2 de Outubro, a manifestação está sendo organizada em parceria com organizações sociais da vizinha cidade, Juazeiro-BA.

A concentração será a partir das 8h da manhã, na Praça da Catedral, de onde os manifestantes seguirão em direção à ponte Presidente Dutra. Além de Petrolina, há confirmação de atos em outras cidades pernambucanas, demais estados do país, Distrito Federal e cidades do exterior...

Bolsonaro se reúne com Lira e Guedes para tratar de preço dos combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro recebeu, na manhã desta sexta-feira (1º/10), no Palácio do Alvorada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para uma reunião. Na pauta, os preços dos combustíveis e do gás de cozinha.

O tema da conversa foi revelado por Arthur Lira no Twitter...

Organização de atos contra Bolsonaro decide usar hino nacional e cores do Brasil

Os organizadores das manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiram que irão utilizar as cores do Brasil e o hino nacional durante os protestos marcados para o dia 2 de outubro. 

Os atos são esperados em pelo menos 76 cidades do Brasil e a maior concentração deve acontecer nas capitais. ..

Bolsonaro: “Está insatisfeito comigo? Tem eleição ano que vem, é só mudar”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (27/9) que, para aqueles que estão insatisfeitos com o atual governo, “tem eleição no que vem. Só mudar”. A declaração, feita a apoiadores, no Palácio da Alvorada, e transmitida por um canal simpatizante ao governo, ocorre num momento em que a popularidade de Bolsonaro atinge o pior índice desde o início do mandato: 53% de reprovação.

O chefe do Executivo comentava a situação econômica do país e as sucessivas altas nos preços médios dos combustíveis. “Se o pessoal está insatisfeito comigo – não estou reclamando, não, tá? –, tem eleição no ano que vem. Só mudar lá. Não tem outro caminho”, declarou...

Visita Presidencial: Bolsonaro chega à Bahia para entrega de duplicação de rodovias federais

O presidente Jair Bolsonaro esteve na Bahia nesta terça-feira (28), para fazer a inauguração da Estação Cidadania, na cidade de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. Ele também participou da entrega de títulos de propriedades rurais e da duplicação das BRs 116 e 101.

O avião presidencial pousou no Aeroporto Nove de Maio por volta das 10h. De lá, Bolsonaro seguiu para o local da cerimônia, sem máscara, aglomerado com outras pessoas na carroceria de uma caminhonete...

Citado por Bolsonaro como destino, PL da Bahia não acredita em terceira via com João Roma

Citado como eventual possibilidade de abrigar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na disputa eleitoral de 2022, o PL da Bahia se mostrou favorável à chegada do presidente à legenda, apesar de não acreditar na "terceira via" na disputa ao governo do estado.

O presidente do partido, José Carlos Araújo, apontou o nome do presidente na Bahia, o ministro da Cidadania, João Roma, ainda "não vingou". ..

Governo federal divulga balanço sobre mil dias de gestão

O governo federal divulgou nesta segunda-feira (27) um balanço das ações dos primeiros mil dias da gestão do presidente Jair Bolsonaro. Entre os pontos destacados está o investimento de R$ 295,14 bilhões no auxílio emergencial.

“Na pior pandemia da história recente, o governo federal levou comida à mesa para mais de 68 milhões de pessoas em 2020, por meio do Auxílio Emergencial. Em 2021, o benefício já alcançou mais de 39,4 milhões de pessoas”, diz o documento elaborado pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), ligada ao Ministério das Comunicações...

Bolsonaro diz que inflação não é por 'maldade' e alerta: 'Nada está tão ruim que não possa piorar'

Em solenidade alusiva aos mil dias do seu governo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que os problemas econômicos enfrentados na sua gestão, sobretudo a inflação no preço dos combustíveis, é uma realidade mundial e não acontece por 'maldade'. O presidente, entretanto, citou que "nada está tão ruim que não possa piorar".

Bolsonaro participou com diversos ministros do lançamento do programa Crédito Caixa Tem, que planeja conceder empréstimos de R$ 300 a R$ 1mil para quem tem conta no aplicativo da Caixa, usado para distribuir o auxílio emergencial...

Presidente Bolsonaro recebe resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento. Expectativa é visita à Bahia

O presidente Jair Bolsonaro recebeu neste domingo (26) resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento. Ele estava em quarentena desde terça-feira, por orientação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), após o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) ter confirmado infecção.

O resultado do exame foi confirmado por um auxiliar do presidente. O Planalto ainda não se manifestou...

Eduardo Bolsonaro, Ministra da Agricultura e Advogado-Geral testam positivo para Covid

O deputado Eduardo Bolsonaro, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o Advogado-Geral da União, Bruno Bianco, informaram que testaram positivo para covid nesta sexta-feira (24). O parlamentar e a titular divulgaram a informação através das redes sociais. Cristina afirmou que está se sentindo bem, mas que cancelou todos os seus compromissos presenciais e que vai permanecer em isolamento durante a recomendação médica.

"Bom dia! Informo a todos que testei positivo para #Covid19. Estou bem. Cancelei meus compromissos presenciais e permanecerei em isolamento durante o período de orientação médica", escreveu na rede social...

Desaprovação a Bolsonaro sobe dez pontos em sete meses e alcança 68%, diz Ipec

A desaprovação dos eleitores brasileiros ao governo Jair Bolsonaro (sem partido) subiu dez pontos percentuais em sete meses e alcançou a marca de 68%, segundo pesquisa divulgada pelo Ipec nesta quarta-feira. No último levantamento, em junho deste ano, o mandatário era desaprovado por 66% dos eleitores entrevistados e, em fevereiro, a marca era de 58%.

A alta nos números negativos vem na esteira das investigações de supostos casos de corrupção envolvendo a compra de vacinas contra a Covid-19 e o avanço da CPI da Covid sobre figuras centrais do governo Bolsonaro. A pesquisa também mostra que o número de eleitores que aprovam a gestão oscilou dois pontos percentuais em relação à pesquisa feita em junho, totalizando 28%. Em fevereiro, a aprovação ao governo era de 38%. Os que não souberam ou não responderam são 4% dos entrevistados...

Bolsonaro vem a Bahia em 28 de setembro para "série de inaugurações

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), virá à Bahia no próximo dia 28 de setembro (terça-feira) para promover "uma série de inaugurações".

De acordo com informações do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a viagem faz parte de uma espécie de festa comemorativa dos mil dias do governo, que vem sendo preparada...

Na ONU, Bolsonaro defende política ambiental do Brasil e ‘tratamento precoce’ contra Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira (21), durante discurso na abertura da 76ª Assembleia-Geral da ONU em Nova York, que o Brasil é referência em preservação ambiental. Ele também defendeu o chamado “tratamento precoce” contra a Covid-19, que não possui comprovação científica.

Tradicionalmente, o chefe de Estado brasileiro é o primeiro líder nacional a discursar neste evento das Nações Unidas. Conforme adiantou a CNN, o presidente abordou em seu discurso temas como o agronegócio brasileiro, o meio ambiente e as ações do governo federal no combate à pandemia...

Discurso: Bolsonaro critica passaporte sanitário e obrigação relacionada a vacina em discurso na ONU. Governadores e Prefeitos são alvos de ataques

Em discurso carregado de questões ideológicas, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), abriu a sessão de debates da Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira (21), na cidade de Nova York.

Em sua fala, o mandatário brasileiro defendeu o chamado tratamento precoce contra a Covid-19, algo já descartado pela maioria da comunidade médica por ser algo sem eficácia...

Bolsonaro abre hoje assembleia da ONU

A Organização das Nações Unidas (ONU) inicia hoje a 76ª sessão da Assembleia Geral entre presidentes e chefes de Estado. Como manda o costume, o presidente brasileiro abre as falas entre as autoridades, incubência que, agora, é de Jair Bolsonaro. Mas analistas e especialistas não têm muitas expectativas e esperam um discurso voltado para o público preferencial do presidente: os apoiadores que lhe dão, hoje, 22% de aprovação, segundo o mais recente Datafolha, divulgado no último dia 17.

O combate à pandemia, a vacinação e as questões ambientais devem ser tratadas, porém do ponto de vista do governo, que difere muito dos números que são divulgados por organismos ligados ao próprio Poder Executivo. A recente crise com o Judiciário e os atos do 7 de Setembro devem ser ignorados por Bolsonaro, assim como a crise hídrica e de fornecimento de energia...

CPI da Pandemia desiste de ouvir ex-esposa de Bolsonaro

A cúpula da CPI da Pandemia, no Senado, não pretende mais ouvir Ana Cristina Valle, ex-esposa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O pedido de convocação foi aprovado na quarta-feira (15), sem a presença do presidente Omar Aziz (PSD-AM) e com sessão esvaziada. As informações são de O Antagonista.

No momento da aprovação da convocação, a CPI era presidida pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Os próprios integrantes do chamado "G7" - grupo formado por senadores de oposição a Bolsonaro e independentes - foram surpreendidos com a atitude do parlamentar...

Bolsonaro e apoiadores pressionaram Ministro Queiroga pela suspensão da vacinação de adolescentes

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus apoiadores pressionaram o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a rever regras para vacinação contra a Covid-19 de adolescentes.

Feita às pressas e sem conhecimento dos técnicos do PNI (Programa Nacional de Imunizações), a decisão de orientar que jovens menores de 18 anos não sejam imunizados pegou de surpresa gestores do SUS, diretores da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e até secretários de Queiroga...