RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 3 registros para a palavra: bancos juazeiro

Aglomeração em filas de banco de Juazeiro acende alerta e preocupa sindicato

O sindicato dos Bancários de Juazeiro vem pedindo a população que não compareça as agências bancárias para evitar a aglomeração, infelizmente o pedido não vem sendo acatado pelas as pessoas e durante essa semana algumas agências foram flagradas com filas enormes e isto aumenta o grande risco de índice de disseminação do coronavírus e H1N1.

Na manhã de hoje (02), outro flagrante chamou atenção, desta vez foi no Banco Itaú, agência 6794, localizada na Avenida Adolfo Viana...

Atendimento das agências bancárias de Juazeiro está suspenso em prevenção ao Coronavírus e H1N1

Após pressão do Sindicato dos Bancários de Juazeiro para que fossem suspensos atendimentos nas agências bancárias, o prefeito de Juazeiro através do decreto Nº 266/2020 determinou a suspensão do atendimento presencial nos estabelecimentos das instituições bancárias situados no território do Município de Juazeiro.

Além disso, o decreto diz que as agências e postos deverão funcionar somente o autoatendimento, com controle de acesso e sinalização horizontal indicando a distância mínima de 01 (um) metro entre cada pessoa. Com o autoatendimento funcionando de forma contingenciada, assegurando a saúde dos clientes...

Procon de Juazeiro fiscaliza o cumprimento da Lei dos 15 minutos pelos bancos

Com o objetivo de garantir os direitos inerentes aos usuários de serviços bancários em Juazeiro, o Procon realizou fiscalização entre os dias 06 e 08 de dezembro para apurar o cumprimento da Lei dos 15 minutos. A norma municipal determina que as agências bancárias prestem atendimento no setor dos caixas em no máximo 15 minutos nos dias normais e em 25 minutos na véspera ou após feriados.

Foram realizadas fiscalizações nas agências do Banco do Brasil, Banco Bradesco e Caixa Econômica Federal. Segundo o Coordenador Executivo do Procon, Ricardo Penalva, a fiscalização teve um resultado positivo, com constatação de irregularidades no cumprimento da Lei em todas as agências visitadas. “O descumprimento da norma é inaceitável. Algumas instituições financeiras, por acreditarem na omissão ou impunidade perante os órgãos fiscalizadores, descumprem voluntariamente a Lei dos 15 minutos, colocando o consumidor em uma situação de constrangimento e impotência permanente, o que não será tolerado”...