RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 15 registros para a palavra: NOVO PARTIDO

Bolsonaro diz que “acertou os ponteiros” com presidente do PL para filiação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reforçou, nesta quinta-feira (25), que está tudo certo para o “casamento” dele com o Partido Liberal (PL) para a próxima terça-feira, dia 30.

Em entrevista à Rádio Sociedade, da Bahia, Bolsonaro disse ter “acertado os ponteiros” com o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, para sua filiação ao partido...

DEM e PSL aprovam fusão; novo partido se chamará União Brasil

O DEM e o PSL aprovaram, em convenções realizadas nesta quarta-feira (6) em Brasília, a fusão da entre as duas legendas. O novo partido se chamará União Brasil e o número será o 44.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda precisa aprovar a nova sigla. A cúpula do DEM crê que o processo de fusão leve três meses para ser analisado pelos ministros...

Organização de um novo partido em Juazeiro-BA

Messias Aparecido ex-presidente do PSDC nos anos 90, e  do extinto PHS nos anos 2000, vem mantendo conversas com dirigentes nacionais, para a implantação de mais um partido no Município de Juazeiro (BA). A organização visa a participação já na eleição de 2022 no estado da Bahia.

Messias Aparecido afirma que não concorrerá ao pleito, mas o partido estará aberto aos interesse dos filiados para concorrer ou não. Messias também não adiantou o nome das mais nova agremiação que poderá chegar à Juazeiro até março ainda de 2021...

'Quem for para lá, vai por amor', diz Bolsonaro sobre novo partido

O presidente Jair Bolsonaro disse que os parlamentares que o acompanharem na mudança de partido o farão por amor, já que a Aliança pelo Brasil não deve levar recursos do fundo partidário do PSL, sua atual legenda. "Não sei, vou começar um partido pobre, sem dinheiro, sem televisão, quem for para lá, vai por amor. É igual casamento, a gente casa por amor", disse ao chegar ao Palácio da Alvorada na noite da quinta-feira (14). 

Pouco depois, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente disse que vai se desfiliar "com certeza" do PSL nos próximos dias. Na terça (12), Bolsonaro anunciou a parlamentares de sua sigla que faria sua desfiliação e formalizou a criação do Aliança pelo Brasil, para abrigar sua família e aliados mais fieis. ..

Bolsonaro anuncia saída do PSL e confirma 'Aliança pelo Brasil' como novo partido

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira, a saída do PSL. Além disso, Bolsonaro confirmou a ida ao partido "Aliança pelo Brasil", ainda a ser criado. A informação foi confirmada por parlamentares PSL após reunião no Palácio do Planalto. Falta agora Bolsonaro formalizar a desfiliação do PSL.

Bolsonaro e o grupo dissidente do PSL agora precisam colher 500 mil assinaturas e entregá-las ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até março de 2020 para que o "Aliança pelo Brasil" possa lançar candidatos próprios nas eleições municipais do ano que vem. A vontade dos pesselistas dissidentes é que a coleta de assinaturas para a criação do novo partido seja feita por meio de aplicativo com certificação digital a fim de acelerar o processo...

Em novo partido, Bolsonaro projeta criar a bancada da bala e metralhadora e diz que todo mundo tem um amigo gay

Ao se filiar ao nanico PSL, o deputado e pré-candidato ao Planalto Jair Bolsonaro (RJ) disse que vai se empenhar em eleger o maior número de parlamentares para endurecer leis penais, evitar o desarmamento e garantir maioria no Legislativo. Ele disse ainda a uma plateia de militantes que lotou um auditório da Câmara que tentará levar um maior número de policiais e integrantes das Forças Armadas para o Congresso. "A bancada da bala, chamada assim de forma jocosa, vai se transformar na bancada da metralhadora." 

Bolsonaro ainda afirmou que, caso eleito, deverá nomear para seu ministério o general Augusto Heleno Ribeiro (Defesa), o ex-astronauta Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e o economista Paulo Guedes (Fazenda). Ele também disse que pretende fundir as pastas da Agricultura e do Meio Ambiente. "O ministro de Ciência e Tecnologia hoje não sabe diferenciar gravidez de gravidade", afirmou numa crítica ao ministro Gilberto Kassab. "Eu não sou bom, mas os outros são muito ruins", disse...

Marina enfrenta dificuldades para criar novo partido

De acordo com parecer do Ministério Público Eleitoral enviado sexta (20) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a ex-senadora Marina Silva só conseguiu comprovar 20% das assinaturas necessárias para criação do partido Rede Sustentabilidade.

O parecer aponta que até o momento não foram validadas as 482.900 assinaturas necessárias para a criação do novo partido: "foi até agora demonstrado apoio em número de 102.707 assinaturas validadas, em quatorze estados e no Distrito Federal", destacou o relatório...

Representante do novo partido Rede Sustentabilidade participa de encontro em Juazeiro e quer Joseph Bandeira

Membros de vários partidos e o ex-membro do PPS e candidato a deputado estadual no último pleito na Bahia, Juvêncio Ruy, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (12) no auditório do Hotel Rio Center, em Juazeiro, definindo apoio ao processo de consolidação do novo partido Rede Sustentabilidade, idealizado pela ex-senadora Marina Silva. Segundo Ruy, em entrevista ao Blog, a sua presença em Juazeiro é porque os mebros da nova legenda estão correndo contra o tempo para coletar, até o final de junho, as 500 mil assinaturas necessárias para criação da Rede Sustentabilidade.

"A Rede já tem mais de 400 mil fichas de apoio, inclusive, de membros de outros partidos como Eduardo Campos do PSB e Aeécio Neves, do PSDB, e não temos dúvida que iremos ultrapassar o número exigido pela legislação eleitoral", destacou. Para alcançar o objetivo imposto pela legislação eleitoral, os organizadores prepararam um mega evento entre os dias 10 e 15 de junho, em local ainda não definido, para o que chamam de "sprint final" da campanha de coleta de assinaturas. A Rede, optou-se por entregar à Justiça Eleitoral volumes com até 100 fichas nos cartórios para agilizar o processo...

Novo partido criado pela fusão de PPS e PMN ainda não existe oficialmente

Mesmo lançada há 20 dias e já em processo de atrair políticos para as suas fileiras, a Mobilização Democrática (MD), sigla formada pela fusão entre PPS e PMDN, ainda não existe oficialmente. De acordo com reportagem da Folha, os dois partidos não deram entrada no processo de registro na Justiça Eleitoral. O argumento para a demora da oficialização é justamente a tentativa da nova legenda de garantir a migração de integrantes de outros partidos, explicou Roberto Freire, presidente do PPS e também líder do MD. “Estamos trabalhando esse assunto com toda a tranquilidade, até para dar tempo aos que possam querer mudar de partido”, afirmou. A lei estabelece um prazo de 30 dias para que políticos possam mudar para uma nova legenda sem o risco de perda de mandato por infidelidade partidária. O prazo começa a ser contado a partir da oficialização no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). ..

PEN é o novo partido que está sendo criado em Juazeiro

O Partido Ecológico Nacional já está em posição de figurar entre os dez maiores partidos do Brasil em no máximo dois anos. Em Juazeiro, a recém-fundada legenda tem na sua Direção Partidária, Ronivon Andrade Dantas (presidente), José Roberto Alves de Oliveira (Vice-presidente), Josemar Alves de Oliveira (Secretário), Doriedson (Tesoureiro), Elizangela Vieira Santos (1º Vogal), Elissandro Dantas (2º vogal), Jose Rinaldo da Silva Nunes (3º vogal).  Os dirigentes Municipais estão construindo um novo grupo político e alegam que a sigla tem dois minutos de rádio e televisão, contando para tanto, com  o apoio do presidente da Nacional, Adilson Barroso e da Estadual, Ueza Marques.

 “Conquistamos a confiança e trouxemos para a sigla 33 deputados que vieram interessados em defender a sustentabilidade do país no PEN, sendo três deputados federais (Alagoas, Paraná e Roraima) e trinta estaduais. Além de dois primeiros-suplentes de senadores e três primeiros-suplentes de deputados federais”, argumentou Ronivon Andrade...

PPS negocia novo partido com grupo de Marina

Sem estrondos, o oposicionista PPS discute com Marina Silva e o grupo político dela a hipótese de criar um novo partido. A ideia é compor uma força política capaz de prover estrutura para que Marina concorra novamente à presidência da República em 2014. Ex-petista, Marina disputou a sucessão de 2010 pelo PV. Sem máquinas, colecionou 19,33% dos votos válidos, obtendo um festejado terceiro lugar. Passada a eleição, desentendeu-se com a cúpula do PV e bateu em retirada, levando junto seu grupo. Fundou um movimento batizado de “Nova Política.” Marina permanece até hoje sem partido. Chamados de “marineiros”, alguns de seus apoiadores abrigaram-se no PPS para poder disputar as eleições municipais de outubro passado. Expoente desse grupo, Ricardo Young elegeu-se vereador em São Paulo. ..

Marina Silva adia planos para novo partido

Com um capital eleitoral de 20 milhões de votos, conquistados na eleição presidencial de 2010, a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva pretende deixar para 2013 a discussão sobre a criação de um novo partido. Marina deixou o PV no ano passado e disse, em conversas com parlamentares, que vai aguardar o fim destas eleições para avaliar melhor a questão. A decisão tem causado preocupação entre seus aliados, que temem o risco de a legenda não ser criada a tempo de concorrer em 2014. Nas últimas semanas, deputados e senadores de PV, PT, PDT, PSOL, PSDB e PPS procuraram aliados de Marina para ajudar na fundação da sigla. Para concorrer, o novo partido precisa reunir, no mínimo, 482 mil assinaturas de apoio e ter seu pedido deferido pela Justiça Eleitoral até outubro de 2013. Recentemente o PSD, criado por Gilberto Kassab, levou oito meses para cumprir os requisitos exigidos pela legislação eleitoral. Com informações de O Globo.  ..

EM NOVO PARTIDO, PREFEITO DE SR. DO BONFIM, CONTA COM NOVOS APOIOS

O prefeito de Senhor do Bonfim Paulo Machado, agora em outra sigla partidária (PP), e que já vinha contando com o apoio do Deputado Federal Roberto Brito, por ocasião do evento em que assinou contrato para mais 600 casas do Programa Minha Casa Minha Vida garantiu novos espaços junto ao Ministro Negromonte, ao Deputado Estadual Mario Negromonte Filho e aos secretários de governo Wilson Brito (SEDIR) e Eduardo Sales (Agricultura).  Senhor do Bonfim vem de encaminhar novos projetos às referidas secretarias de estado. ..

ACM NETO PODERIA FUNDAR NOVO PARTIDO COM AÉCIO

As especulações em torno da provável saída do deputado federal ACM Neto do DEM já começa a gerar, nos bastidores políticos, novas conjeturações sobre o seu futuro fora da legenda. Uma delas dá conta de que o democrata (pelo menos até março do ano que vem) estaria disposto a criar uma nova sigla ao lado do senador mineiro Aécio Neves. Ambos estão insatisfeitos com as relações dentro do partido, especialmente no trato com medalhões. Enquanto o santo de Neto não bate com o do ex-governador Paulo Souto, as relações de Aécio com o ex-presidenciável José Serra nunca foram lá muito harmoniosas. A gota d'água para ambos em seus atuais redutos, entretanto, teria sido a ameaça de retirada antecipada de Rodrigo Maia da presidência do DEM.

Neto teria ficado insatisfeito com a decisão da cúpula do partido que – influenciada pela ala serrista do DEM, representada pelo prefeito Gilberto Kassab –, queria Maia fora do comando do partido antes do fim do seu mandato. A situação foi contornada, mas Neto e Aécio, que se encontraram em Brasília nesta terça-feira (7), estariam definitivamente decididos a pularem fora das “barcas furadas” de DEM e PSDB...

Dissidência do PV funda novo partido, o LIVRE

O Brasil deverá ter, em breve, seu vigésimo oitavo partido político registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Essa é a expectativa do Partido Livre, uma agremiação de dissidentes do PV, acadêmicos, jornalistas e outros entusiastas de 15 estados, que realizaram seu primeiro encontro nacional sábado, na Câmara Municipal de Belo Horizonte. O novo partido recolhe assinaturas desde 2009 e terá a sigla LIVRE. A legenda já redigiu e publicou, na internet, seu estatuto e programa político. www.livremg.org.br

APOIO A DILMA ROUSSEFF

O Encontro Nacional do LIVRE formalizou o apoio do novo partido à pré-candidata a presidente Dilma Rousseff (PT). Os militantes já se encontraram com Dilma, no Rio de Janeiro, e decidiram pela manifestação a favor da ex-ministra. A justificativa do partido é que não poderia apoiar a pré-candidata Marina Silva (PV), por ter em sua base muitos dissidentes verdes. Por outro lado, definem-se contrários à plataforma do pré-candidato José Serra (PSDB), por criticarem a hegemonia da política neoliberal...